Um Amor sólido

 

Floyd (92) e Margaret Bordaren (88) casados há 68 anos morreram em um trágico acidente automobilístico nos Estados Unidos. O acidente aconteceu no dia 13 de outubro de 2013, quando o veículo que viajavam bateu em uma camionete ao tentar fazer uma curva.

Eles foram encontrados pela equipe de resgate um ao lado do outro, pouco depois do acidente ocorrido na localidade de Spokane, próximo ao lugar onde viviam no Estado de Washington.

Os membros da equipe descobriram a mulher ainda agonizando, que agarrava com força a mão do seu esposo que acabara de falecer.

O policial Rob Spencer disse que: “realmente tivemos que pedir a ela para soltá-lo, para podermos tirá-los do veículo. Não vemos isto todos os dias” – assegurou. A mulher faleceu pouco depois no local do acidente.

O casal havia celebrado o 68º aniversario de casamento em julho de 2013, e deixou quatro filhos, 11 netos e 23 bisnetos.
Floyd era dono de uma pequena fazenda onde criava gado. Os amigos do casal recordam de Floyd como um marido carinhoso, que sempre se mostrava orgulhoso de sua esposa, e assegurava que todos os dias a beijava e lhe abraçava.

Quando as forças lhe faltaram, sua esposa o ajudava empurrando juntos o cortador de grama, uma imagem que se tornou habitual para os amigos e vizinhos.


Floyd era considerado um homem bastante crente que dizia haver dedicado a sua vida aos seus dois amores: Jesus Cristo e sua esposa.


Ele constantemente dizia que se sentia como se tivesse 18 anos de idade, e atribuía isto a uma vida saudável; amar uma só mulher e amar a Deus – escreveu a amiga da família Serena Thompson em seu blog.

Apesar de ganhar a vida em uma pequena fazenda em Chattarov, Washington, a família contou que o casal entregava até 20% de sua renda anual para os outros, parte para ajudar os necessitados e outra para a igreja onde congregavam.
 

Tradução: Nelson Costa
 

Fonte: www.protestantedigital.com/ES/Qfamilia